Viagens de pets para a Europa estão travadas sem previsão de retorno

Divisão de Vigilância de Zoonoses de SP anuncia suspensão do exame de sorologia para raiva, exigido pelos países da UE

A Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ) de São Paulo publicou um comunicado no qual anuncia a suspensão do exame de sorologia para raiva, exigido pelos países da União Europeia para que um animal de companhia possa entrar no território.

De acordo com o comunicado, o recebimento de amostras de sangue de ‘pets’ só acontecerá até o dia 29 de dezembro. A partir daí começa o período de suspensão, “sem previsão de retorno.”

Com a interrupção iminente, a DVZ tem sugerido que os interessados procurem o Instituto de Saúde Pública do Chile, o único outro local na América do Sul credenciado para realizar o exame -que serve, basicamente, para testar se a vacina de raiva está ativa no corpo do animal.

Outros laboratórios que realizam o exame estão nos Estados Unidos, no México, no Japão, e em outros países distantes do Brasil.

Segundo a reportagem apurou, esse apagão não será resolvido facilmente, e envolve o Ministério da Agricultura do governo Michel Temer (PMDB).

O ministério fornece uma substância utilizada para a realização dos exames. No entanto, diante do contingenciamento de verbas, decidiu que não está em sua lista de prioridades a produção dessa substância. Ciente desse cenário, a DVZ decidiu comunicar a suspensão.

Na avaliação do ministério, o Brasil não deveria arcar com os custos de produção do conjugado para satisfazer exigências de outros países.

Mais de 10 mil exames do tipo são feitos por ano pela DVZ. O estoque atual de insumos dá conta de mil exames até o final de dezembro.

 

No Brasil, o exame de sorologia custa R$ 321. Segundo o último levantamento da DVZ, os valores internacionais estão na mesma faixa.

Estimativa feita no site dos Correios indicou valores acima dos R$ 400 para enviar amostras para o Chile, incluindo Sedex (já que não pode passar de dez dias o período entre a coleta e o exame) e caixas para acondicionamento.

Cláudia cogita se mudar sem o companheiro e voltar para o Brasil depois, com os exames feitos, para buscá-lo.

Rosane de Oliveira, diretora da DVZ, diz que a divulgação foi precipitada e que o comunicado foi tirado do ar. Segundo ela, há tratativas com o governo federal e a suspensão pode ser revogada.

Em nota, o Ministério da Agricultura afirma que “não há problemas técnicos na produção do conjugado” e que que a medida foi adotada para direcionar os “escassos recursos públicos” a “atividades estratégicas para a Defesa Agropecuária Nacional, como o combate a enfermidades de alto impacto para a economia brasileira.”Entenda

O exame de sorologia e as viagens europeias

O que é o exame de sorologia de raiva?

Um teste para verificação dos resultados da vacina da raiva para comprovar se o animal está imunizado

Quem exige?

Os países da União Europeia, em caso de viagens com animais de companhia. Eles também pedem a microchipagem e a própria vacina da raiva.

Quanto custa?

A Divisão de Vigilância de Zoonoses, da Prefeitura de SP, cobra R$ 321.

Quem faz?

No Brasil, apenas a Divisão de Vigilância, que anunciou a suspensão.

Social Media - Compartilhe Dicas, Informação, Viagens e Saúde
Attachments

Postagems importante

thumbnail
hover

Assim foi visto o eclipse lunar...

É assim que o eclipse lunar total foi visto em diferentes cantos do mundo Durante a noite de sexta-feira, 27 de julho, um dos fenômenos m...

thumbnail
hover

Brasil tem recorde de assassinatos em...

Brasil tem recorde de assassinatos no campo em 2017, mas só dois casos são esclarecidos 57 ativistas que lutavam por terra ou defesa do me...

thumbnail
hover

A Gestação de uma gata

Gatos e cães são, sem dúvida, os animais de estimação mais próximos do homem, especialmente felinos que vivem com ele desde tempos i...